A razão de ser do nosso nome

    O Vale de Acór é um vale que existe mesmo, em Israel, nos arredores de Jericó, e é um dos caminhos que dá acesso à Terra Prometida.
    O seu nome, no entanto, anda associado a um episódio dramático da história de Israel.
    Segundo se conta no Livro de Josué (cap 7), foi nesse vale que Acâ e a sua família foram apedrejados até à morte, como castigo e consequência da sua cobiça e idolatria.
    Na verdade, aquando da conquista de Jericó, esse filho de Judá (a tribo preferida!) havia desobedecido à Lei do Senhor, roubando e tomando para si os bens destinado ao culto de Yahvé, como se melhor fosse servir e amar as coisas, idolatrando-as e esquecendo Deus, a Sua Aliança e a Sua promessa.
    O vale onde Acã foi morto, passou a designar-se por um nome que significa "confusão", "infelicidade", "desgraça", pois esse tinha sido o destino de quem recusara por Senhor único Deus verdadeiro.
    Porém, e é para isso que importa agora olhar, será nesse mesmo Vale de Acór que o Senhor abrirá uma "Porta de Esperança "(Cf. Os. 2, 17), segundo anuncia o profeta Oseias, por excelência o profeta da Misericórdia, atento, como nenhum aos sentimentos de Deus, à sua benevolência e compaixão a favor dos homens.
    Para nós tudo se tornaria mais claro e significativo, ainda, porque o próprio Cristo disse de Si mesmo que é Ele a Porta que dá acesso à promessa definitiva (Cf. Jo 10, 7).
    Acresce também hipótese de que talvez tenha sido nesse vale perto de Jericó, que o Bom Samaritano encontrou o pobre que jazia na beira do caminho.

O Vale de Acór em Israel.