Outros Projectos

VALE BENJAMIM - Colónia de Férias

Como acontece em cada Verão, o Vale de Acór (VA), que vive na primeira pessoa a missão de ajudar pessoas dependentes de drogas e de álcool, realiza a actividade para crianças de nome "Vale Benjamim".

Esta destina-se a crianças oriundas das Irmãs da Madre Teresa de Calcutá, Bairros Sociais, Pedopsquiatria do HGO, filhos dos utentes do VA, etc.

Inspirados pelas palavras do escritor russo Dostoyevsky " A beleza salvará o mundo...", e mais recentemente pelas palavras do Papa Bento XVI "Fazei coisas belas, mas sobretudo tornai as vossas vidas lugares de beleza", desejamos proporcionar-lhes para além da diversão, da praia e de muita alegria e divertimento, um encontro com a beleza. Beleza essa demonstrada nos mais pequenos gestos de generosidade e de doação de todos os que preparam esta semana e a vivem em primeira pessoa num encontro fantástico com estes pequeninos.

Boa parte dos monitores das crianças, são os próprios utentes do VA, que, no seu processo de recuperação, se disponbilizam, nesta ocasião, para a experiência do "descentrar-se" e do "dar-se", tão importante para se encontrarem a si mesmos!

Participam entre 80 e 100 crianças, das quais entre 15 a 20 deficientes profundos.

INTERVENÇÃO EM MEIO PRISIONAL

Estabelecimento Prisional de Setúbal
A Associação Vale de Acór tem desde o ano 2000 uma presença regular no E. P. de Setúbal. Esta intervenção em meio prisional comporta os seguintes objectivos:
Promover a relação com os reclusos, nomeadamente promovendo a ligação ao "grupo de referência" do Vale de Acór no E. P., de modo a favorecer o crescimento terapêutico-educativo dos seus membros e o desenvolvimento de competências.
Estabelecer contactos com reclusos que manifestem problemas relativos à toxicodependência, abrindo a possibilidade de internamento na comunidade terapêutica da Associação Vale de Acór para casos em que a situação jurídico- penal o permita e quando se verifiquem os requisitos de admissão.
Realização de pequenos trabalhos manuais (costura, pintura de imagens e colagem de ícones, etc) dos quais resultam objectos que depois serão vendidos em feiras de artesanato e outras, revertendo as verbas conseguidas para as contas pessoais dos reclusos envolvidos.
Apoiar e enquadrar no exterior do E. P. os reclusos que, tendo relação com o grupo de referência do Vale de Acór no E. P., necessitam de suporte que possibilite saídas precárias ou definitivas em liberdade.
Metodologia: "Grupo de referência" que se reúne três vezes por semana; colóquios individuais de apoio e de verificação da situação jurídico-penal; tempos de trabalho (sobretudo trabalhos manuais) enquadrados por horários e normas comportamentais; conversação/discussão sobre temas de vária ordem (Desportiva, política, ética e cultural…)

Apoie a nossa causa | faça um donativo por Transferência Bancária ou Débito Directo, com todo o conforto e segurança!